Artigos da categoria Web
Jul
21

A morte lenta do IE6: parte 1

IE6 no lixo

O Internet Explorer 6, navegador (browser) da Microsoft, já teve a sua morte anunciada pelos desenvolvedores web do mundo todo, mas esse processo está ocorrendo de forma muito lenta, deixando os profissionais e as empresas do ramo com úlcera. Mas enfim, por que o IE 6 deve morrer?

Segundo Richard Barros, que é desenvolvedor web: “O Internet Explorer 6 é um navegador de 2001, que não acompanhou a evolução da internet. Tecnologias novas, novas maneiras de programar e desenvolver sites. A W3C define os padrões da web e novos navegadores surgiram adotando estes padrões. Depois disso, só o IE ficou para trás, “lendo” as páginas de uma maneira diferente de todo mundo. No final das contas quem desenvolve websites acaba tendo que fazer um site para o IE6 e outro para os outros navegadores. Numa época que o IE6 era mais de 90% dos usuários e tinha apenas 1 concorrente de peso, parecia até de bom senso ignorar os outros. Mas hoje temos diversos navegadores e o IE6 com ainda 15% em média dos usuários. E não podemos deixar ninguém de fora”.

Atualize seu navegador

O Richard, inclusive, criou o site da campanha “Update Your Browser” para incentivar as pessoas a atualizarem seus browsers. Lá, você encontrará várias alternativas (também gratuitas) ao IE6 e outros navegadores obsoletos, com informações sobre as características de cada um e link para o download. E se você quiser ajudar na campanha, pode colocar o banner no seu site ou blog, ou ser mais participativo ainda e inserir o código do script que alerta quando o usuário estiver usando um navegador ultrapassado.

Este assunto não é novidade, mas na última semana ganhou força quando o Youtube anunciou que, em breve, não daria mais suporte ao IE6, e o Twitter passou a recomendar o uso de outro navegador para estes usuários. Depois disso, surgiu no próprio Twitter a campanha “IE6 Must Die”, que teve uma adesão rápida (bem ao estilo Twitter de ser). De todo modo, como eu disse no meu perfil, acredito que no Brasil isto irá funcionar quando o orkut deixar de dar suporte ao famigerado navegador. O Google podia pensar nisso com carinho.

Finaliza na parte 2

Jul
19

OpenWith: Saiba que programa abre determinado arquivo

Open With

Se você está sempre perdido quando recebe um arquivo por e-mail ou acessa um site de downloads, e não sabe que programa abre determinada extensão, o site OpenWith (em inglês) acaba com suas dúvidas.

No site, basta digitar a extensão que você quiser, no campo de busca, e ele te indicará alguns programas que abrem ele. Além disso, o site mostra uma pequena explicação do que trata a tal extensão, e a que categoria de arquivos ele pertence.

Como teste, fiz a busca pela extensão .NRG, e ele indicou três programas para download que abrem este arquivo: Img Burn, MagicDisc e ISO Buster. A escolha por qual usar fica a seu critério.

No OpenWith, você ainda pode navegar pelas categorias de arquivos ou selecioná-los por ordem alfabética. Ah, vale ressaltar que os programas indicados são gratuitos.

Jun
24

Blogger completa 10 anos no ar

Blogger 10 anos

O serviço de blog conhecido como Blogger, completará 10 anos no dia 23 de agosto. O site, que foi implementado em 1999, pela Pyra Labs, foi comprado pela Google em 2003.

Para comemorar esta década no ar, o Google divulgou os números desse serviço muito popular, e querido por blogueiros do mundo todo, mesmo com o avanço do WordPress. Um desses números, dá conta de que o Brasil é o país que mais usa o Blogger fora dos EUA, seguido de Turquia, Espanha, Canadá e Reino Unido.

Outro número bem interessante mostra que o futebol é o esporte favorito dos blogueiros que usam esta plataforma, número este quatro vezes superior ao baseball, segundo colocado.

Vale ressaltar também, que a plataforma Blogger divide a preferência com o WordPress, entre os blogueiros que responderam a Pesquisa de Perfil do Blogueiro Brasileiro. A primeira aparece com 46%, enquanto a segunda com 45%, em um clássico empate técnico.

Via: Google Discovery

Jun
1

Bing: novo sistema de busca da Microsoft

Bing

O que todos os sites de tecnologia do mundo estão falando hoje (e não poderia ser diferente) é sobre o Bing, o novo site de busca (search engine) da Microsoft que entrou em funcionamento nesta segunda-feira 01/06 (ainda em fase beta), para substituir o fracassado Live Search. Mas o que ele tem de novo?

O atrativo do Bing é o fato ele ajudar a encontrar o que você procura, no meio de tanta informação, dividindo os resultados por tipos. Por exemplo, em uma busca que fiz por “Iron Maiden”, ele dividiu o resultado por ringtones, lyrics (letras), vídeos, fan clubs e outros. Além disso, ele sugere logo abaixo uma lista de complementos para o termo que você pesquisou, como “Iron Maiden Tour Dates” e “Iron Maiden Wallpaper”, entre outros.

Mas, infelizmente, essas funções não estão disponíveis ainda no Brasil, como bem alertou o Thássius. Se você quiser ver como funciona o Bing em sua plenitude, clique no link “Brasil” no alto da página, e escolha “Estados Unidos”, por exemplo. Experimente, e depois comente o que achou.

May
8

Photo 505: faça montagens com suas fotos

Photo 505

Essa dica é da Luanda. Eu nunca vi um site que faça montagens automáticas com fotos, que fique tão perfeita, quanto o Photo 505. É claro que existem vários serviços similares na internet, mas este é o primeiro que eu uso que me deixa mais do que satisfeito.

É muito simples (#piadainterna), basta primeiro escolher o cenário de sua preferência e, em seguida, subir uma foto para a montagem. Para isto, clique em “Browse” e escolha a imagem que tenha até 1mb de tamanho, e que seja GIF, JPG ou PNG. Caso não queira a sua imagem na galeria de foto do site (Gallery), retire a seleção do “checkbox” que indique esta função. Depois não adianta reclamar com o Papa.

Feito isto, você pode salvar a montagem no seu computador, ou utilizar os links gerados para exibí-la em fóruns, sites e blogs. Falando em blog, o Photo 505 também tem o seu, onde eles mostram as novidades implementadas no site. Confira.

Apr
13

TwitZap: O Twitter web que funciona

TwitZap

O TwitZap é um client de Twitter na web. Mas o que ele tem de diferente para o site oficial? Muita coisa, començando pela maior velocidade em que ele mostra as mensagens (tweets), chegando ao fato de que você pode usar o serviço mesmo que o site princpal esteja fora do ar. E tem mais.

A página é atualizada automaticamente (em tempo real), assim, não precisa ficar pressionando F5. Ela só para de mostrar novos tweets no momento em que você estiver dando um reply ou enviando uma DM. Terminado isso, é só clicar em “Resume Updates” que ele mostrará todos os posts acumulados. Outra função interessante é o fato de você poder escrever uma mensagem, e ela será publicada assim que for possível (caso o Twitter caia).

Interessante também é o recurso de mostrar um preview da imagem que tenha sido postada via Twitpic na própria timeline. Assim você não recebe nenhum susto na hora de clicar no link. E ainda, ao contrário do Twitter via web, é possível retwitar uma pessoa com apenas um clique. Pensa que eu terminei?

A barra lateral direita é uma grande aliada. Ao usar, repare que, ela mostra a quantidade de replies e DM´s não lidas. Continuando nela, o recurso “Add a Channel” nada mais é do que o “search” do TwitZap. Deste modo, ele busca por todas as mensagens postadas com o assunto pesquisado, e cria um “canal” na barra lateral para você acompanhar o evolução do tema.

Utilizando o mesmo recurso, você pode acompanhar os tweets de uma pessoa específica, separada da timeline. Clicando no link do nome (nickname) da pessoa, ela também “irá” para a barra lateral. Ah, ele tem seu próprio encurtador de URL´s também. Bom, se eu ficar falando de todos os rescursos do TwitZap o post vai ficar gigante. Teste o serviço, descubra as novidades e deixe um comentário relatando suas impressões.

Via: Mashable