Dec 20

Orkut temas

Com o fim de ano, o orkut disponibilizou temas para o seu perfil entrar no clima. O de natal já está disponível, enquanto o de “ano novo” está marcado como para breve.

Para alterar essa opção é muito simples, basta selecionar a opção “Feliz Natal!” que encontra-se ao lado do e-mail que você usa para entrar no seu perfil. Porém, quando você escolhe o tema de natal, uma propaganda da empresa Oi aparece no seu layout. Só uso se me pagar.

Caso queira voltar para o tema clássico, é só selecionar a mesma opção e escolher o “Azul orkut“. Nenhuma informação foi divulgada a respeito de novos temas. Mas, se fosse pedido para eu apostar, eu diria que vamos ter um de carnaval, em fevereiro.

O orkut tem implementado várias funcionalidades, fazendo o sistema crescer a cada dia. Recentemente foi disponibilizado também um sistema de bate-papo para você conversar com outra pessoa que esteja conectada ao mesmo tempo, como já acontece no GMail e no GTalk, outros produtos da Google. Clique aqui para saber mais sobre essa função.

Via: Inside Techno


Nov 21

GMail

Essa semana o Google implementou 31 temas para você escolher e personalizar a aparência do seu Gmail, acredito que tenha desenhos que vão agradar a todos os gostos.

Segundo o nosso parceiro Inside Techno: “A maioria dos temas foi desenvolvido pelo Google, mas três deles foram criados por artistas externos: Phantasea Renewal foi criado por Matthew Ferreira, Summer Ocean por Jim Honeycutt e Cherry Blossom por Vania Sofandi“.

Mas como faço para mudar o meu tema. Simples, entre em “configurações”, e depois na aba “temas”. Escolha seu tema, clique em cima e pronto.

Outro recurso interessante é, dependendo do tema que você escolher, ele muda conforme a região que você mora, mostrando a imagem de por do sol, por exemplo, no horário adequado. Assim que você escolhe um desses temas, abre um menu para você escolher seu País/Região, a cidade onde mora e “salvar”. Caso não escolha nenhuma cidade, ele automaticamente escolherá a capital.

Se essa opção ainda não consta na sua conta do Gmail, não se preocupe, aos poucos eles estão liberando para todos os usuários.


Oct 26

Camera

Eu tenho percebido que há uma enxurrada de câmeras digitais no comércio. Legal ou ilegal, no comércio de rua ou no Mercado Livre. No camelódromo da Rua Uruguaiana ou no shopping do Edifício Avenida Central. De todas as marcas: Sony (principalmente), Casio, Panasonic, Nikon, Olympus. Com tantas opções e modelos, que cuidados devemos tomar?

.
Antes de tudo, mesmo que eu não ache necessário dizer isso, há sempre alguns desavisados. Mas vamos lá, não existem câmeras digitais falsificadas. É muita tecnologia para isso. Partindo desse princípio, é vital que você saiba identificar se aquela câmera “baratinha” que você gostou é recondicionada (refurbished) ou não.

Mas antes, vamos entender o que é uma câmera recondicionada. Essas, são câmeras rejeitadas pelo controle de qualidade dos fabricantes por apresentar pequenos defeitos na montagem. Com isso, as indústrias recolhem esses produtos, reformam e identificam como sendo recondicionada e colocam no mercado para venda, por um preço bem mais barato, porém, com uma garantia de fábrica menor.

Para identificar uma câmera recondicionada, existem algumas dicas bem fáceis. Algumas fábricas utilizam caixas com cores diferentes da original, outras, até mesmo sem caixa. Outra modalidade é colocar um “R” ou um símbolo “*” no final do número de série da câmera.

As câmeras recondicionadas de fábrica são confiáveis, mas NUNCA compre uma câmera recondicionada em lojas. Isso é fácil de se identificar, caso o número de série do produto não seja o mesmo que esteja na caixa.

Fui à uma loja aleatória da Zona Norte do Rio de Janeiro, e escolhi uma Panasonic Lumix DMC FX-12 para testar. O número de série dela tinha o “R” no final e o seu preço estava bem barato. Na própria loja, fiz todos os testes pertinentes e ela funcionou perfeitamente. Se o recondicionamento dela se mostrará maléfico com o tempo, isso eu não posso dizer, pois não comprei.

Publicado originalmente no meu outro blog, o Receita do Sucesso.


Oct 20

Autorun

É incrível como quase todos os PCs públicos do Brasil possui algum tipo de vírus, seja na faculdade, lan house ou no trabalho. Caso você utilize alguma dessas máquinas e não quer infectar o seu computador pessoal, aprenda a desabilitar a “reprodução automática” do seu Windows Vista e XP.

Mas por que essa atitude? Grande parte dos vírus infectam o seu pendrive assim que você insere ele numa máquina dessas, com um arquivo auto executável, que é liberado assim que o autorun for acionado. Assim, se você não tiver bem protegido com um bom antivírus, já era.

No Windows Vista, clique no Botão Iniciar > Painel de Controle > Hardwares e Sons. Em seguida, clique na opção “Reproduzir CDs ou outra mídia automaticamente” e desabilite a opção “Usar Reprodução Automática em todas as mídias e dispositivos”.

Já no Windows XP o caminho é mais longo, mas não é difícil. Clique no botão Iniciar > Executar > digite gpedit.msc. Na janela que abrir, vá em “Configurações do usuário” > “Modelos administrativos” > “Desabilitar auto-reprodução”, escolha a opção “Ativar” e selecione “todos os drives”.

Nem preciso dizer que estar com um bom anti-virus atualizado ainda é fundamental, assim como um firewall habilitado e um anti-spyware competente para se proteger de virus, trojans, adware e keylogger de qualquer espécie. Neste post do Saiba Tudo eu sugiro algumas soluções.


Jun 3

Pensando em facilitar sua vida, designers e ilustradores de uma maneira geral, compilei uma lista de bons tutoriais para Adobe Photoshop encontrados na internet, em inglês e português.

Algumas dessas dicas servirão de referência para profissionais gabaritados, e outras para estudantes que estão começando à utilizar esta poderosa ferramenta de edição de imagem. Por facilitar a sua busca, indiquei abaixo, através dessa legenda (Iniciado, Médio e Avançado), que tipo de documento você encontrará em cada link.

(A) Photoshop Lady (em inglês) – Um dos melhores blogs do gênero. Reúne uma boa quantidade de tutoriais selecionados em fontes do mundo todo.

(A) PSDTuts (em inglês) – Outro blog especializado em tutoriais para Photoshop, com uma boa frequência de atualização. E além dos trabalhdos inseridos, é interessante acompanhar o grupo no Flickr criado para mostrar os trabalhos dos usuários do site.

(M) Web Tutoriais – Interessante ferramenta de busca de tutoriais na internet, que descobri enquanto escrevia este post. Dentre os tipos encontrados, é claro que eles possuem tutoriais para Photoshop também. Destaque para o efeito de tratamento de pele, e veja como a Playboy e o mercado publicitário fazem com suas modelos. Simples efeito, mas eficiente.

(I) Baboo – Essa dica é para os iniciados na religião Photoshop. O conhecido site Baboo apresenta uma lista de dicas, tutoriais e truques, em vídeos, para você aprender a utilizar um pouco mais dessa importante ferramenta.

(I) Digital Paper – Blog brasileiro sobre design gráfico e webdesign. Mostra quatro video-tutoriais para iniciados, ensinando recursos simples como redimensionar imagens e trabalhar com camadas.


Apr 16

Recentemente foi lançado o Wordpress 2.5, de vital importância para todos que usam esse ótimo gerenciador de blogs. Muitas pessoas me procuraram e perguntaram como fazer para atualizar seus blogs. Pensando nisso, resolvi fazer este pequeno guia.

Lembrando que existem outra duas soluções automáticas para quem não quer perder tempo: a ferramenta Fantástico, presente nos melhores serviços de hospedagens (host) e também alguns plugins que podem ser instalados diretamente no seu ambiente do Wordpress. Porém, se você quer ter um passo a passo que te deixe sob o domínio das ações, siga as instruções a seguir:

Primeiro de tudo, fazer os tradicionais backups. Tanto dos bancos de dados SQL, quanto dos arquivos hospedados no seu servidor (posts, imagens, configurações e tudo mais). Depois disso, baixe a versão 2.5 do sistema, e descompacte no seu disco rígido.

Em seguida, acesse o endereço FTP do seu host (o Saiba Tudo recomenda o Filezilla para esta tarefa), localize a pasta onde está instalado o seu Wordpress e apague todos os aquivos, MENOS o arquivo wp-config.php e a pasta /wp-content. Feito isto, copie todos os arquivos da pasta descompactada (onde contém a versão 2.5) novamente para a mesma pasta do seu host, EXCETO os arquivos que você preservou na hora da limpeza.

Para finalizar, basta acessar a seguinte URL no seu browser preferido: http://www.seusite.com.br / wp-admin / upgrade.php, clicar em “First step” e pronto.

Observações:

  • Não esqueça de desativar os plugins instalados antes de começar todo o processo.
  • Ao terminar, ative os plugins, e caso algum não funcione, com certeza você terá que atualizá-lo para contemplar a versão 2.5 do Wordpress.
  • Para saber mais informações sobre o Wordpress 2.5 antes de atualizar, visite o blog Veines Noires.
  • Estes procedimentos funcionam para atualizar qualquer versão do Wordpress.
  • Um erro muito comum é esquecer de de não deletar outros arquivos que você personalizou, como o locale.php, que é encontrado na pasta /wp-includes. Caso tenha esquecido de preservar este arquivo, e seu blog voltou a mostrar as datas em inglês, não se preocupe, lembre que você fez backup de tudo e agora pode enviar apenas este arquivo para o seu host. Percebeu agora porque não gosto de fazer este trabalho de forma automatizada? Essa é uma das razões.